domingo, 21 de janeiro de 2018

HISTÓRIA DO RÁDIO EM ARAPONGAS - PR. 1965

Ano de 1965, Equipe da Rádio Cultura de Arapongas, Em pé, da esquerda para a direita, Mário Branco, Dionísio Neto, João Franco, J. Mateus, David Dias, Caçulinha, Alexandre Nemeth e Vanderlei Carlos Sartori. Agachados, Carlos Renê, Rubens Sanches, Tininho, Nico Pinheiro, Linêncio e Jair Pasini. A Rádio funcionava na Rua Marabu esquina com a Condor, pertinho do Clube Comercial. Ela pertencia a Rede Paranaense de Rádio e o gerente era do David Dias.

JOTA MATHEUS


sábado, 20 de janeiro de 2018

ROLÂNDIA: HOSPITAL SÃO PAULO AINDA DE PÉ

Os tempos áureos dos hospitais em Rolândia estão no fim. Primeiro foi a transformação dos hospitais São Judas e São Lucas em clínicas particulares. O São Judas virou um Posto de Saúde. O hospital Alemão já foi "pro chão". A antiga Santa Casa de Misericórdia, que depois virou Posto de Saúde Central, tbm já foi "pro chão". Os antigos médicos Dr. Anatole, Dr. Xenofonte, Dr. Orion., Dr. Cabral, Dr. Osni, Dr. Miguel Spinosa, Dr. Julio Braz Damasceno e Dr. Luiz Carlos Pedroso já foram morar com Deus. Daquela época temos entre nós a Dra. Maria de Lourdes, Dr. Liberatti, Dr. Adilson, Dr. Jorge Daher, Dr. Jorge Nassif e Dr. João Jorge, a quem pedimos a Deus mt saúde e vida longa. O antigo e famoso hospital São Paulo ( que foi um dos mais famosos do norte do Paraná ) está em ruínas e está com os dias contados para "ir pra chão". Resistiu por vários anos como palco de clínicas particulares, mas agora foi vendido. Ouvi dizer que no local vai ser construído um Shopping. Na foto vemos que o novo proprietário já está colocando os tapumes.
OBS.: Produzi um vídeo na parte interna. Filmei tudo. Está no Youtube. Para a história.
texto e foto de José Carlos Farina


AJUDE A RECONSTRUIR O HOTEL ROLÂNDIA O NOSSO MARCO ZERO DA HISTÓRIA


RÉPLICA DO HOTEL ROLÂNDIA ( MARCO ZERO DA HISTÓRIA )

Como que a história não se apaga ela revivi, a alguns anos (2015) fizemos uma replicar do Hotel Rolândia em papelão, agora iremos fazer parte do mutirão para a reconstrução deste marco histórico.
Maiores informações curtam a fanpage

GRUPO ALEMÃO ROTKPPEN


quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

SELEÇÃO DE ROLÂNDIA ANOS 70

Juquita, dorival, pedro, moacir, zé coco, schimidt, Gines... 
agachados: Selé, Claudio, Julinho, Gilmar, didi, zé Alexandre e joão maria



domingo, 14 de janeiro de 2018

FAZENDA MARAGOGIPE JAGUAPITÃ - PR.

Aproveitamos, depois de visitar a Destilaria abandonada da COROL, para rever a Fazenda Maragogipe que fica perto de Jaguapitã. Que tristeza ver a "casa do administrador" totalmente "depenada" na sua rica fachada de madeira que abrigava o varadão. Quando estivemos lá em 2015 com o jornalista Fábio Cavazotti coletando imagens para o documentário "Ouro Verde" a "casa do administrador" ainda era habitada e ficamos sabendo do Seo Washington de muitas histórias sobre a Maragogipe... E o "Hotel Rolândia"? Como vamos poder contar a nossa história se cada vez mais as testemunhas desaparecem?

daniel steidle




quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

LEMBRANÇAS DO HOTEL ROLÂNDIA

O ANTIGO ENDEREÇO DO HOTEL ROLÂNDIA...
Vamos cuidar agora do novo endereço do Hotel Rolândia? Infelizmente a transferência do Patrimônio Histórico do Hotel Rolândia aconteceu de forma turbulenta, madeira sumiu e uma sucessão administrativa não teve tempo de se dedicar e o abandono tomou conta... Mas se a população resolver agir, quem sabe. Poderá ser um momento histórico, ainda mais porque o novo endereço do Hotel Rolândia, junto ao Museu e a Estátua do Roland, poderá ser um ponto turístico e uma verdadeiro sítio histórico para aulas emocionantes de história.
DANIEL STEIDLE


terça-feira, 9 de janeiro de 2018

VAMOS TERMINAR A RECONSTRUÇÃO DO HOTEL ROLÂNDIA ??

SONHOS SÃO COMO GOTAS DA CHUVA...

Inspirado pelo vídeo sobre o grandioso "Museu do Café de Santos", que o Edson Massuci publicou no facebook, acredito que podemos tentar transformar a pesadelo do "Hotel Rolândia abandonado" num sonho... Que tal um grande mutirão, como na época do café, e tentarmos reconstruir o "Marco 0" da história de nossa região?... Londrina, Cambé, Arapongas, Rolândia... juntos somos convidados a abraçar o "Hotel Rolândia" que poderia se transformar no "Museu do Café do Norte do Paraná". Que isso não dependa unicamente do Poder Público, mas principalmente da sociedade que seria valorizada e protagonista no resgate do incrível capítulo do café quase esquecido... Cafés de qualidade e programas turísticos como a "Rota do Café" escreveriam novos e emocionantes capítulos da "Saga do Ouro Verde". 

DANIEL STEIDLE

COMENTÁRIO
Será que ainda dá tempo? não colocaram capas de barros nas cumeeiras e terças do telhado. Deve ter apodrecido. Vão ter que trocar as vigas. Na parte de baixo andarilhos ou viciados em drogas atearam fogo em parte do assoalho. levaram 75% das taboas. O assoalho logo apodrecerá tbm... os pés direitos da varanda ainda estão firmes. são de perobas... torço pelo hotel, mas penso que só a iniciativa privada poderia tomar conta através de uma concessão pública. As prefeituras hoje não tem dinheiro nem para contratar vigilantes noturnos...mas torço pelo hotel rolândia.. marco zero da nossa história. importante para a história de rolândia e de todo o norte do Pr.

JOSÉ CARLOS FARINA


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

FAMÍLIA FARINA DE ROLÂNDIA PARANÁ BRASIL BRASILE

FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA





















GIUSSEPPI FARINA



















GIUSSEPPI FARINA

















JOSÉ FARINA FILHO




















IRINEU FARINA






















LAURA FARINA LOVATO

















LAURA E JOSÉ CARLOS FARINA


















JOSÉ CARLOS FARINA E SEBASTIANA ALVES DE ASSIS FARINA
















SEBASTIANA / JOSÉ FARINA FILHO E FILHOS
















LAURA COM MARIDO RENATO LOVATO


ROLÂNDIA: AQUI EM HISTÓRIA

ANTIGA VIAÇÃO CARREIRA
DÉCADA DE 40
DE MANOEL CARREIRA E FILHOS
A 1ª LINHA DA EMPRESA FOI DE ROLÂNDIA À PITANGUEIRAS. DEPOIS JAGUAPITÃ.
RUA MANOEL CARREIRA BERNARDINO
FOTO BY JOSÉ CARLOS FARINA


segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

JOSÉ FARINA ( PIONEIRO DE ROLÂNDIA - PR. )

PIONEIRO DA GLEBA CICLONE
CHEGOU EM 1940
NASCIDO EM BÉRGAMO, ITÁLIA.
CHEGOU EM JARDINÓPOLIS-SP. EM 1896, COM 1 ANO DE IDADE.
FILHO DE MARINA e PIETRO FARINA.
CASADO COM ADELAIDE CANTARIN FARINA
FILHOS: ANTONIO, JOSÉ FARINA FILHO, IRINEU E LAURA.
FALECEU EM 1968.

O ÚLTIMO TREM DE PASSAGEIROS DE ROLÂNDIA - PR.

FOTO By ESTAÇÕES FERROVIÁRIAS DO BRASIL


sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

NORTE DO PARANÁ DÉCADA DE 30 / 60

















SOU DO TEMPO DA CRUSH


GARRINCHA DO BAR DO GARRINCHA VIROU LENDA EM ROLÂNDIA

'Garrincha' era visionário e bom de conversa



Em 10 de dezembro, depois de uma grande luta contra o câncer de pulmão, José Luiz do Amaral morreu aos 82 anos.

José Luiz nasceu e viveu sua infância em Camboriú (SC). Aos 14 anos, esse rapaz corajoso se mudou para Rolândia, onde conseguiu o primeiro emprego em uma máquina de beneficiamento de café. Lá, ficou hospedado em uma pensão de família.

Voltando para a cidade natal, conheceu e casou-se aos 23 anos, em 21 de abril de 1960, com Maria Norma, sua grande paixão. Foi nessa época de recém-casado que recebeu o apelido de Garrincha, graças às pernas bem parecidas com as do jogador famoso.

Retornou a Rolândia em 1961, trabalhou como marceneiro por 30 anos na loja Móveis Suto. Foram muitos trabalhos feitos com capricho, que estão por casas de famílias tradicionais, colégios e até na prefeitura.

Depois, durante 35 anos, foi comerciante ativo no seu bar Café Vera Cruz. O estabelecimento começou de forma humilde e se transformou em referência na cidade. Quando ninguém trabalhava no período noturno, lá estava ele, visionário, empreendendo e fazendo a diferença.

Arquivo familiar














Na hora da emergência se encontrava de tudo no bar, desde cigarros, leite, pão e até remédios. Nos anos 1980, ele teve um táxi agregado ao bar, o que trouxe mais notoriedade ao espaço.


O "Bar do Garrincha" ficou tão conhecido na região que virou ponto de parada para excursões. Viajantes e alguns artistas famosos passaram por lá, como Sula Miranda, Rick e Renner, segundo Jonas, um dos filhos.

Os filhos têm ainda hoje guardada a caixa registradora, com seu recibo, que faz parte do acervo dos 35 anos do bar.


São lembranças fortes de clientes, amigos e família de um lugar tão acolhedor e animado, assim como era o dono. Contador de muitas histórias, de riso fácil e carisma único, José Luiz foi adorado por todos. Ele deixou viúva, com quem foi casado por 57 anos, cinco filhos, seis netos e um bisneto.

O Portal Bonde publica obituários todas as quintas-feiras. O leitor que quiser homenagear alguém nesta seção, pode entrar em contato pelo telefone (43) 3374-2151, de segunda a sexta-feira, das 13h às 18h. O obituário é gratuito.

Gabrielle Vieira/Redação Bonde

COMENTÁRIO:
Era amigo do Garrincha. No tempo que era viciado em cigarros, muitas noites e madrugadas ia até o seu bar para comprar cigarros. Ele foi um herói. Não era fácil "tocar" o bar, trabalhando dia e noite, e muitas vezes aguentando bêbados. Mas ele era sempre gentil e educado com todos.
JOSÉ CARLOS FARINA


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

FOTO DA DONA MARIA TEIXEIRA GEORG E FAMÍLIA

ADRIANO BRUNO


Permita-me postar uma foto de família, encontrada recentemente, do casamento do Sr. Carlos Georg, com a Prof. Maria Teixeira em 1956. A mãe dela, Maria "Iaiá" era minha tia-bisavó (aquela sentada, na ponta direita da foto). Minha bisavó Amélia, tia de Maria Teixeira, aparece sentada na ponta esquerda da foto. Talvez possam reconhecer familiares do Sr. Carlos que aparecem na foto.

OBS,: A dona Maria Teixeira é a senhora com roupa preta no centro da foto. Ela foi secretária da educação do município nos anos 50 / 60.

COMENTARIO:
Meu Avô Carlos Georg, Minha Tia Emma Bush, Tia Alzira Tibuski, com Marido José, Wilson Tibursky  e sua irmã Ivanildes, Minha Tia Ingueburg Georg Rishinder, meu Pai Erich Georg,(ainda Jovem)..  ANA MARIA GEORG


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

PADEIROS COM CARROÇAS ANOS 40 / 80


JOSÉ FUJI

Quem lembra ou já comprou 'pão' no carrinho ambulante, muita saudades! Se já? Curte!

COMENTÁRIO:
Aqui em casa até os anos 80 eu tinha um padeiro, com uma carroça igual, que colocava o pão em uma caixa que muitos tinham na frente das casas (próxima do muro). As caixas tinham que ser fundas, porque sempre alguém enfiava a mão para furtar... Acordava de manhã e o pão estava lá.  Tenho saudade. Os cavalos tinham sininhos pendurados no pescoço. Começavam a trabalhar de madrugada. Á tarde passavam de novo. O avô da minha esposa, José Lemos, era um deles. JOSÉ CARLOS FARINA

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

ROLÂNDIA: PRIMEIRA TURMA DO COLÉGIO SOUZA NAVES ( COLÉGIO ROLÂNDIA )

VALDOMIRO PAIVA


MAPA ANTIGO BRASIL DÉCADA DE 30

é um "Mapa Pitoresco" dos anos 30 de meus avós... mostrando as riquezas do Brasil... Num mundo atual tão tecnificado perderam-se os encantos e o amor à pátria... Dai a importância do resgate de outros olhares, olhares antigos..DANIEL STEIDLE

terça-feira, 24 de outubro de 2017

ROLÂNDIA: CLUB E IGREJA DO CAFEZAL ESTÃO ABANDONADOS

Estrada do Cafezal..
Igrejinha e Club
ASSOCIAÇÃO DE MORADORES
História abandonada..
CLOVIS PIRAJÃO

COMENTÁRIO:
Na minha época de vereador ajudei a fundar uma Associação de Moradores. Na época conseguimos verba para uma reforma na club e um abastecedouro comunitário.
JOSÉ CARLOS FARINA
































FOTOS HISTÓRICAS DO PREFEITO JOSÉ PERAZOLO DE ROLÂNDIA - PR.

FOTOS FAMÍLIA PERAZOLO CÓPIA By JOSÉ C. FARINA








THOMAZETE, SONIA, PERAZOLO, FARINA, JD.







CAMPANHA DE 1988. ÚLTIMO COMÍCIO NA VILA. PERAZOLO SENDO CARREGADO PELO MINEIRO. AO LADO VALDICEU.






CARLINHOS. LAERCIO, PERAZOLO, JD. E IRONDI PUGLIESE.







FARINA, DEP. OSVALDO MACEDO, PERAZOLO....







DEP. OSVALDO MACEDO, PERZOLO E GERALDO BORGES.







UENO, LERNER, PERAZOLO, FHC., PRINCESA DO JAPÃO.








IDEM COM PRÍNCIPE E PRINCESA DO JAPÃO.




CAMISETA DA CAMPANHA DE 1988.